Parla

2005          
Parla
Técnica: vídeo instalação
Material: foto, flash, action script





Instalação interativa. O sistema tem como base a “animação” de um corpo virtual segundo a emissão de energia sonora. Essa instalação é composta por um computador, um microfone e um projetor. O conjunto é montado num espaço de aproximadamente 6mtsX6mts no qual é projetado numa área de 2,5mtsX1,6mts a imagem de um corpo estável, sem movimento. Esta imagem, subdividida em 12 partes no sentido vertical, permanece assim, inalterada, até que o ambiente em que ela se encontra receba algum input sonoro, o que é causado pela presença de um observador. Ao se penetrar nesse espaço e produzir um ruído ou som o sistema modifica o corpo virtual apresentado combinando suas partes seccionadas com parte de outros corpos que se encontram armazenados em sua memória. A interface criada para esse trabalho gera uma espécie de level humano ao fazer imagens digitalizadas de pessoas responderem qualitativamente às alterações dos níveis de energia sonora. Seu funcionamento se baseia num código que analisa os níveis de audio captados por um microfone (transdutor), transforma estes dados em variáveis dinâmicas e os aplica no corpo digital fazendo com que suas várias subdivisões (camadas) se alterem na medida da sonoridade presente. Quando uma pessoa entra no ambiente da instalação e emite um som em nível baixo (uma palavra, frase ou sussurro), o corpo apresentado na tela troca ao nível dos pés, porém se um grito é dado nesse ambiente, as trocas ocorrem em níveis distintos, começando pelos pés e subindo até a cabeça, ou seja, acompanhando exatamente a emissão e evolução de um estado de energia produzido pelo fruidor desta obra interativa.
Você poderá experimentar este trabalho em sua versão online. Para tanto você apenas precisa ter Flash plugin instalado em seu computador e um microfone. Clique no link, aguarde o carregamento e controle as modificações do corpo com sua voz. 

Parla is an interactive system that “animates” a virtual body. The virtual body responds to levels of sound energy captured by a microphone. An algorithm analyses the sound input as dynamic variables for the creation of a virtual body.
The virtual body is made of a group of twelve bodies parts vertically organised in order to create an individual. Each part belongs to the body of different people stored in the system’s memory. This individual, found in a state of metaestability, will change its identity by swapping its parts in response to the level of sound produced by a viewer or another audible stimulus present in its milieu.
This artwork was though as a net-art, as the cyberspace seems to be the best place to this virtual entity to live and change its multiple identity. This body is not thought as an ideal one but a possible body. Although it keeps in its silicon memory records of its physical identity, it is from the dialogue between the viewer and the virtual body that emerges a new individual.


You can experiment this artwork in its online version. You just need flash plugin installed on your computer and a microphone. Click on the link bellow, allow flash to use your microphone and set its sensibility to maximum and interact with the virtual body with your voice.

Intalação / Installation


Exhibição no Barbican Theatre - Plymouth - UK (2006)



Para esta ocasião uma versão de Parla foi implementada com MAX/MSP para que as variáveis numéricas que acionam os corpos virtuais gerassem sons. Esta interface sonora para Parla foi desenvolvida em colaboração com Eduardo Coutinho.